Exército inaugura 200 poços artesianos no Nordeste em 2019 e a mídia ficou calada #boato

Boato – Durante governo Bolsonaro, em 2019, 200 poços artesianos foram inaugurados pelo Exército no Nordeste e mídia não divulgou

O período entre o verão e o Outono costuma simbolizar notório conforto à região Nordeste. Isso porque, durante esses meses, a chuva costuma desabar no estados pertencentes à região, que é comumente assolada pela seca.

A seca no Nordeste é um fenômeno procedente, ocasionado pelas altas temperaturas e pela baixa precipitação de chuvas. Em 2017, a seca do semiárido foi considerada a maior do século. Por isso, muitas ações têm sido tomadas para virar esse quadro.

E, de convenção com uma história que anda circulando na internet, parece que a população do Nordeste pode respirar mais aliviada. Segundo publicações nas redes sociais, o Exército inaugurou 200 poços artesianos na região. Todos eles durante o governo Bolsonaro, em 2019. As publicações ainda destacam que a mídia não divulgou as ações. Confira:

Versão 1: “O Nordeste esta virando um mar, mais de 200 poços artesianos já foram abertos pelo Exército, publiquem, pois a mídia não o faz!!!”. Versão 2: “SERÁ QUE A MÍDIA VAI DIVULGAR? Em dois meses, o Governo Bolsonaro com o Exército Brasileiro, já perfuraram mais de 200 poços artesianos no Nordeste”.

Versão 3: “O mesmo sol que não dá trégua para chuvas alimentará a manancial de chuva de uma comunidade rústico na região Seridó do Rio Grande do Norte. Como secção das obras de combate à seca, o Exército Brasileiro inaugura nesta sexta-feira (20) um poço artesanal movido a vigor solar no Sítio Juá, localizado no município de São João do Sabugi. O Comando Militar do Nordeste tem a meta de instalar 200 poços artesianos na região nordestina”.



Exército inaugura 200 poços artesianos no Nordeste em 2019 e a mídia ficou calada?

A notícia deixou muitos nordestinos animados, uma vez que muitos deles acabam perdendo plantações e animais, que morrem por falta de chuva e manjar. Mas será que a informação de que o Exército inaugurou 200 poços artesianos só em 2019 é real? A resposta é não e os detalhes você confere a seguir.

Vamos lá! Para prelúdios de história, as mensagens seguem aquele velho roteiro de fake news na internet: são vagas, alarmistas, possuem erros de português, pedem compartilhamento e não citam fontes confiáveis. Ou seja, o combo completo dos boatos online.

Outro ponto que nos deixou com desconfianças foi o trajo de diversos boatos envolvendo o governo Bolsonaro terem pipocado nas redes sociais desde a posse do presidente. Aqui n nossa equipe já desmentiu outra informação relacionada ao governo Bolsonaro e ao Exército Brasileiro, que falava sobre o asfaltamento da rodovia Transamazônica.

Ao buscar por mais notícias sobre o tópico, descobrimos que o Exército Brasileiro, de trajo, inaugurou diversos poços artesianos no Nordeste. Porém, isso não ocorreu em 2019, nem durante o governo Bolsonaro e muito menos a mídia tentou esconder um pouco.

A operação, denominada de Semiseco, iniciou em 2016 e inaugurou diversos poços no Nordeste e em Minas Gerais, sendo encerrada em 2018. Logo posteriormente o fechamento dessa operação, o governo federalista e o Exército Brasileiro lançaram a operação Semiseco 2, dando ininterrupção aos trabalhos desenvolvidos na primeira.

Em relação à versão que cita a entrega de poços artesianos movidos à vigor solar, de trajo, ela também é verdade. Porém, não ocorreu em 2019, mas sim em 2013, na cidade de São João do Sabugi (RN).

Em resumo: a história que diz que o Exército Brasileiro inaugurou 200 poços artesianos no Nordeste somente durante o governo Bolsonaro é falsa. De trajo, o Exército trabalhou na construção de diversos poços artesianos. Porém, isso ocorreu em 2013 e entre os anos 2016 e 2018, durante a operação Semiseco. Ou seja, o evento não é recente e a história não passa de balela! Não compartilhe.

Exército inaugura 200 poços artesianos no Nordeste em 2019 e a mídia ficou calada #boato .

© 2019 Dudu Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló