Rompimento da barragem em Brumadinho foi um atentado terrorista de Venezuela e Cuba #boato

Boato – Fontes da Abin apontam que um venezuelano (Juan Pablo Mercês) e um cubano (Antonio Cabalero) foram os responsáveis por um atentado terrorista na barragem da Vale que acarretou na tragédia de Brumadinho.

Após o rompimento da barragem da Vale na cidade de Brumadinho, o Brasil entrou em choque. Em meio a resgates, já se sabe que o acidente causou dezenas de mortes e que há centenas de desaparecidos. Como em todo tópico polêmico, é simples que não iria demorar para notícias falsas surgirem online.

A última que viralizou por meio de um “textão” assinado por um tal de Observatório Direita Brasileira (ODB) aponta que a tragédia de Brumadinho foi causada por um atentado terrorista na barragem da Vale realizado por um (Juan Pablo Mercês) e um cubano (Antonio Cabalero). O que não faltam no texto são informações bombásticas. Leia na íntegra (os detalhes a gente aponta a seguir):

Sendo Verdade estamos em GUERRA Fontes ligadas a ABIN confirmaram nessa tarde que a Polícia Rodoviária Federal deteve nessa tarde, próxima a cidade de Itaguará, murado de 68 km de Brumadinho, um venezuelano e um cubano. O coche em que viajam estava em subida velocidade, houve troca de tiros e um terceiro varão foi morto durante a perseguição.

Uma funcionária que sobreviveu a tragédia, confirmou ter ouvido uma explosão antes do rompimento da barragem. A nascente informou ainda que o Venezuelano é Juan Pablo Mercês, ex guerrilheiro das FARCS, possui 7 mandatos de prisão na Colômbia. O cubano é Antonio Cabalero, divulgado instrutor da Polícia Secreta do Governo Castro, condecorado com a Estrela Vermelha, por sua atuação destacada em ações de sabotagem na guerra social de Angola



Até agora o interrogatório apurou que várias células terroristas venezuelanas se infiltraram no território naciona desde a vitória de Bolsonaro no primeiro vez das eleições, em outubro. O objetivo das células são promover atentados terroristas visando sabotar as principais atividades econômicas que compõe as exportações brasileiras, aprofundando a crise econômica ao mesmo tempo, frustrando a brecha econômica conduzida por Paulo Guedes.

As células tem porquê intuito estradas, linhas férreas e portos da infraestrutura de exportação de soja e músculos bovina. Barragens e estradas de ferro da Vale e plataformas e oleodutos da Petrobrás. As ações vinham sendo planejadas para início de março, com objetivo de frustrar as votações da reforma da previdência no Congresso, outro item fundamental para recuperação econômica.

No entanto, o reconhecimento do governo brasiliano de Juan Guaidó porquê presidente da Venezuela, anteontem, as ações foram antecipadas. A ABI Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, prosseguem as buscas por mais 5 células terroristas infiltratadas. nascente: ODB- Observatório Direita Brasileira

Tragédia de Brumadinho foi um atentado terrorista de um venezuelano e um cubano?

O tal texto se espalhou porquê pólvora na internet. Afinal, quem não compartilharia uma mensagem que junta uma tragédia vernáculo com uma oportunidade de ataque a “países esquerdistas” porquê Venezuela e Cuba. Só tem um pormenor: a história é falsa. Se falso fosse uma medida, poderíamos proferir que é “muito falsa”. Vamos aos fatos.

Não é preciso nem ir muito longe para perceber que a informação não procede. O texto já segue aquele roteiro das fake news: vago, alarmista, com erros de português e sem referir fontes confiáveis. Só isso já mereceria uma melhor checagem antes do compartilhamento.

Ao buscarmos pela informação já esbarramos nos primeiros furos. Além de não ter zero em fontes confiáveis que fale do causo (porquê assim, um troca de tiros, um sujeito morto e nem uma risco na mídia?), não há qualquer confirmação da ABIN das pessoas presas. Algo impactante porquê essa informação mereceria uma nota da Agência de Inteligência ou do governo, não? E não há zero. Nadinha.

Ao buscar pelos nomes citados (Juan Pablo Mercês, Antonio Cabalero, ODB, e Observatório Direita Brasileira), zero encontramos além do texto. Isso denota que os nomes dos terroristas e da instituição foram (olha só!) inventados “do zero”. Não é nem preciso proferir que o “currículo “ de ambos também é fruta da imaginação de uma mente cintilante desse Brasil varonil, assim porquê o tal Observatório Direita Brasileira.

Resumindo: fica até difícil desmentir uma história porquê essa (dependendo do ponto de vista, fica fácil demais). A falta de informações sobre o caso e o “pequeno indumento” de zero citado na história subsistir nos leva à peroração de que a história que aponta que o rompimento da barragem em Brumadinho é um peça de ficção (de pior palato) que está enganando muita gente na internet.

Rompimento da barragem em Brumadinho foi um atentado terrorista de Venezuela e Cuba #boato .

© 2019 Dudu Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló