Uma ativista feminista pediu para as mulheres não transarem mais “de quatro”? #boato

É verdade que a socióloga e ativista feminista Sara Zambeli pediu em entrevista que as mulheres evitem a posição “de quatro” durante o ato para evitar a submissão?

A nota retirada de um site com o layout semelhante ao do Portal G1 de notícias começou a circundar através das redes sociais na segunda quinzena de abril de 2019 e afirma que uma socióloga chamada Sara Zambeli teria pedido durante entrevista à repórter Juliana Strichvic que as mulheres evitem a posição “de quatro” durante o ato sexual para evitar uma situação vexatória, além de submissa. Na entrevista – que teria sido publicada no dia Internacional da Mulher – a socióloga teria recomendado também que as mulheres devem transar de frente para o parceiro do jeito que uma forma que entender a paridade de gênero!

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Verdade ou inverdade?

A primeira coisa a fazer em casos do jeito que esse é procurar pelos nomes dos envolvidos, no Google. Nem a tal socióloga e nem a repórter Juliana Strichvic aparecem nas buscas.

Há uma “Sara Zambelli” (com dois “L”) no Twitter, mas ela é italiana e não tem nenhuma relação com o matéria.

Como o recorte da notícia se parece com o layout do Portal G1 de notícias, fizemos buscas no portal e… nenhum!



A Deputada Federal Carla Zambelli também ajudou a espalhar o matéria, publicando em seu perfil no Twitter a notícia. A deputada ajudou a mostrar que o sobrenome da personagem da “notícia” (o mesmo que o dela) está escrito incorrecto (com exclusivamente um “L”):

Boato vetusto

Uma procura pelo matéria e nos deparamos com uma “notícia” de 2011 parecida com essa, só que com algumas diferenças:

  • O nome da ativista feminista era Helena Ramirez
  • Ela não era socióloga, mas líder do movimento feminista no Brasil
  • Ela teria pedido para as mulheres evitarem aquela posição durante entrevista no Programa do Jô
  • Na versão de 2011, a mulher teria pedido que as mulheres também evitassem o sexo anal

Ao buscarmos por essa versão mais antiga, encontramos uma publicação feita no site Testoterona, no dia 29 de março de 2011.

O Testoterona, por sua vez, exclusivamente copiou um texto publicado horas antes no site Tramado Por Mulheres, na seção Jornalismo Mentira

Quem é a mulher da foto da versão de 2011?

Na “notícia” que se espalhou em 2011, a foto de uma mulher foi usada para ilustrar a “reportagem”. Chamada de “Helena Ramirez” no texto humorístico, a mulher da foto é, na verdade, a radialista britânica Anne Diamond e a retrato foi surrupiada de uma reportagem de 2008, quando Diamond falava ao Daily Mail detalhes sobre seu novo livro sobre as dificuldades que as mulheres tem em relação à obesidade.

Conclusão

A notícia afirmando que uma ativista feminista teria pedido para que as mulheres parassem de transar “de quatro” é falsa! Ela surgiu em um blog humorístico em 2011 e voltou com uma novidade vestes em abril de 2019!    

© 2019 Dudu Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló