Concurso Colégio Naval: Publicado edital com 190 vagas!

Divulgado novo edital de concurso público para a Marinha do Brasil. O torneio disponibiliza 190 vagas de nível fundamental para o Colégio Naval. A instituição tem sede no município de Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro. O ingresso dos aprovados será em 2020.

Para concorrer às vagas, além da escolaridade já citada, é necessário preencher os seguintes requisitos:

  • Ser do sexo masculino;
  • Ter, no mínimo, 15 e, no supremo, 18 anos completos até o dia 1º de janeiro de 2020;
  • Não ser casado ou ter constituído união firme, permanecendo assim durante todo o curso.

Nos primeiros anos, o aluno do Colégio Naval têm recta a soldo de R$ 1.044,00. No último ano o valor é saliente a R$ 1.066,00. Porém, vale lembrar que os valores citadão são referente ao ano de 2019, podendo ser reajustados no próximo ano.

Além disso, durante todo o curso as alunos poderão recontar com alimento, uniforme, vencimentos e assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

Inscrições concurso Colégio Naval

Interessados em concorrer às oportunidades abertas pela Marinha poderão se inscrever em breve. De harmonia com o cronograma da seleção, o período de inscrições começará no dia 29 de abril e terminará no dia 29 de maio de 2019.

As candidaturas poderão ser registradas pela internet, por meio do site oficial da Marinha, ou presencialmente, em uma das Organizações Responsáveis pela Execução Local (OREL), cujos endereços estão expressos no dentro I do edital. O atendimento aos candidatos será feito das 8h30 às 16h.



Valor de R$ 105,00 será cobrado tanto quanto taxa de participação. O boleto deverá ser pago até 6 de junho de 2019.

Inscritos no CadÚnico para programas sociais do governo federalista, com renda familiar mensal menor ou igual a meio salário-mínimo por pessoal poderão solicitar isenção da taxa.

As solicitações serão aceitas entre os dias 29 de abril e 27 de maio. Segundo o edital, quem deseja realizar o pedido deverá entregar em uma das OREL um requerimento devidamente preenchido, datado e assinado. O padrão de requerimento pode ser encontrado na página de letreiro do torneio.

Etapas de avaliação e provas

Inscritos no concurso Colégio Naval 2019 serão avaliados mediante emprego de diversas etapas. A lanço inicial, de caráter supressório e classificatório, será constituída por uma redação e 90 questões de múltipla escolha, estas, versando a reverência do seguinte teor programático:

  • Português (20 questões);
  • Inglês (20 questões);
  • Matemática (20 questões);
  • Estudos Sociais (12 questões);
  • Ciências (18 questões).

Os exames serão aplicados em dois dias consecutivos. No primeiro, os concorrentes vão responder aos itens de Matemática e Inglês. As demais disciplinas e a redação ficarão para o segundo dia. As provas serão realizadas na primeira quinzena de julho, em data divulgada pela Marinha em data oportuna.

Candidatos que obtiverem nota menor que cinquenta pontos em qualquer uma das matérias ou na redação serão eliminados do torneio.

Aprovados na primeira lanço serão convocados para a segunda, constituída pelos seguintes eventos complementares:

  • Inspeção de saúde;
  • Teste de propensão física;
  • Avaliação psicológica;
  • Verificação de documentos;
  • Procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração;
  • Período de adaptação.

O período de adaptação visa a preparação dos futuros alunos para as atividades acadêmicas e administrativas a serem realizadas durante o ciclo escolar. Aprovados serão convocados para o Colégio Nava, que será orientado pelo Curso de Preparação de Aspirantes.

Durante a formação, além do ensino equivalente ao nível médio, os alunos receberão, também, Ensino Militar-Naval. Ao término do curso, alunos aprovados receberão certificado de peroração do ensino médio, além de Certificado de Reservista Naval.

Veja mais informações no Edital concurso Colégio Naval 2019.

© 2019 Dudu Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló