Concurso Detran RN: Banca organizadora será definida em breve

No Rio Grande do Norte, o novo concurso para o Departamento Estadual de Trânsito (Detran RN), junto com o da Polícia Civil (PC RN), estão entre os mais aguardados pelos concurseiros. Contudo, enquanto o segundo segue previsto para o segundo semestre, os trâmites para sinceridade do primeiro caminham a passos lentos.

Seis meses depois da constituição da percentagem organizadora, o concurso Detran RN 2019 ainda não tem secretária organizadora definida. Por conta disso, não há previsão de quando o edital será lançado. De convenção com a Assessoria de Imprensa do órgão, a prolongamento dos trâmites do concurso depende de questões orçamentárias.

Sobre a realização do estudo a saudação dos cargos do quadro de pessoal, o setor de Comunicação do departamento não deu mais detalhes e nem confirmou se o mesmo já foi finalizado.

Sem concursos há aproximadamente de nove anos, o quadro de efetivos do Detran RN é deficitário. Entretanto, a reposição de efetivos só poderá ser feita posteriormente a homologação do resultado final de novo concurso. Isso porque, atualmente o órgão não tem concurso público válido para aproveitamento de cadastro de suplente, ou seja, está temporariamente impedido de contratar efetivos.

A portaria como o nome do grupo de trabalho responsável por escoltar a seleção foi publicada em edição do Diário Oficial de 20 de setembro de 2018. Contudo, o documento não estabelece prazo para epílogo dos trabalhos da percentagem interna.



Concurso Detran 2019: Expectativa de vagas para níveis médio e superior

Quando publicado, o edital deverá contemplar os cargos de assistente técnico e assessor técnico. A escolaridade mínima exigida para investidura nas carreiras é ensino médio e superior, respectivamente. A informação foi confirmada pelo setor de Recursos Humanos do Detran RN.

Apesar de ter antecipado os cargos, o órgão não confirmou a distribuição e nem as especialidades que compõem a curso e que serão contempladas na seleção.

Embora o hiato desde o último concurso seja grande, é provável que o próximo seja realizado de forma semelhante. Em 2010, quando foi descerrado o último edital, foram disponibilizadas 285 vagas em funções dos níveis médio, técnico e superior.

Na idade, além das funções previstas para o novo concurso, foram disponibilizadas chances para vistoriador/emplacador, programador, eletricista/programador e crítico de suporte.

Os vencimentos atualizados ainda não foram informações pelo órgão. Mas, a título de informação, no último edital foram ofertados salários entre R$ 799,30 e R$ 2.337,00.

Realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a seleção avaliou os todos candidatos por meio de prova objetiva, de caráter supressivo e classificatório. Concorrentes às vagas de áreas específicas passaram, também, por investigação social documental, de caráter unicamente supressivo.

© 2019 Luís Eduardo Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló