Você já parou para se perguntar por que as letras YKK aparecem nos zíperes?

Se você é daqueles que acreditam que combinações de letras e números podem esconder teorias conspiratórias incríveis, tenho que informá-lo que o código que aparece na grande maioria dos zíperes do mundo não esconde nenhum demais. (Mas se você quiser se divertir com códigos secretos, não deixe de passar por cá!)

As letras YKK são uma para Yoshida Kogyo Kabushikikaisha – que mais parece um trava-línguas, mas é somente o nome da empresa japonesa responsável pela fabricação de aproximadamente de 90% dos zíperes do mundo inteiro. A empresa foi fundada em 1934 por Tadao Yoshida, e seu nome significa somente Yoshida Indústria Limitada.

Atualmente, a YKK tem 206 instalações industriais em 52 países. Ela também é responsável pela maior fábrica de zíperes do mundo, que fica na Geórgia, nos Estados Unidos, e produz mais de 7 milhões de unidades por dia. Mas não é só de fecho-ecleres (sempre quis redigir essa termo) que a YKK vive: a empresa também produz botões, outros tipos de fechos e máquinas para fazer zíperes!

Filosofia de sucesso

Mas se você nunca reparou que a grande maioria dos zíperes do mundo vem com essa letreiro, peço que interrompa a leitura desta material por alguns instantes e verifique os zíperes à sua volta. Confira jaquetas, bolsas, mochilas e não se esqueça da braguilha!

Bem, se a cada 10 zíperes produzidos no mundo, 9 são da YKK, a verosimilhança de você ter encontrado pelo menos um dos aviamentos japoneses é altíssima. E o sigilo do sucesso da empresa está no que o Sr. Yoshida batizou de “Ciclo de Bondade”.



Trata-se de um princípio que defende que “ninguém prospera a não ser que traga benefícios aos outros”. A partir daí, o empresário nipónico se comprometeu a produzir os melhores zíperes do mundo e trabalha para que os produtos e serviços que oferece tragam benefícios para seus clientes e para a sociedade, ao mesmo tempo que favorece a própria empresa e seus funcionários.

© 2019 Dudu Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló