Fãs da Netflix explicam por que você deve ver O Poço

A Netflix tem um grande hit disponível na plataforma. Aos poucos, o filme O Poço se tornou um grande sucesso.

Em primeiro lugar na lista disponibilizada pela própria Netflix, o drama traz uma premissa enxurrada de filosofia e simbolismo. Por isso, os assinantes estão adorando o filme.

Teor recomendado:Foi tombada: Friends perde posto de série cômica mais assistida da Netflix

Nas redes sociais, os internautas estão surtando com O Poço. Não exclusivamente isso, estão avisando outros assinantes que eles da mesma forma devem ver o longa.

Tudo, {claro}, começa pela história do filme: “Em uma prisão onde os detentos nos andares de cima comem melhor do que os que estão aquém, um {homem} decide realizar um pouco para mudar essa condição”.

Veja as reações aquém.

Veja da mesma forma:Fãs de Lucifer encontram erro que mancha reputação de Chloe

Desde o início, os internautas avisam que o teor de O Poço é bastante pesado. Porém, comentam que cada segundo vale ser testemunhado.

“Eu não acredito que O Poço tem exclusivamente 1 hora e 35 minutos. Pareceu que tinha 2 ou 3 horas por conta do teor pesado, perturbador, difícil e doloroso de presenciar. Foi torturante e eu não consegui piscar por um segundo, por terror de perder um pouco”, diz um assinante.

“O Poço é um filme feérico da Netflix em qualificar {como} a falta de qualidade e falta de comida podem transformar pessoas em zumbis. O Poço prevê o término da humanidade quando {nada} mais importa se você não é tocado pela solidariedade. É uma obra de arte pósapocalíptica”, afirmou outro.

“Esse filme faz você repensar sobre comida e sobre a humanidade no universal. Trama louca que mantém o impulso até o final. Completamente perturbador e insanamente nojento. Espanha parece estar lançando filmes muito bons nos dias de hoje”, apontou mais uma.

Confira da mesma forma aquém reações de fãs brasileiros.

Veja da mesma forma:O Poço e os filmes da Netflix com os finais mais CHOCANTES

O elenco de O Poço conta com Iván Massagué, Antonia San Juan e Zorion Eguileor. A direção é de Galder GazteluUrrutia.

O Poço está disponível na Netflix.

I can’t believe The Platform was only 1hr 35 minutes.

It felt like 2 – 3 hours simply because of how heavy, gruesome, irky and painful it is to watch.

It was torture and I couldn’t blink for fear that I would miss a second.#ThePlatform #ThePlatformNetflix

— Stephanie C. Micheal (@steph_bonchi) March 20, 2020

#ThePlatform on Netflix is a stunning film on class inequality and the horrors of food shortage that could turn humans into zombies. ‘The Platform’ predicts the end of humanity when nothing actually matters if you have no balanced solidarity. It’s a postapocalyptic masterpiece. pic.twitter.com/hM0DN4Evh7

— Pallav Gogoi (@pallav_) March 21, 2020

Holy shit! This movie makes you rethink about food and also humanity in general. Crazy plot which keeps up the momentum till the end. Completely disturbing and insanely gory. Spain seems to be coming up with insanely good movies nowadays! #ThePlatformNetflix pic.twitter.com/jaARDLieuL

— Ξ 𝕥𝕖𝕛𝕒 Ξ (@tejan0905) March 21, 2020

Assisti “O POÇO” na #Netflix.
QUE FILME SENHORES!
O filme trata de uma forma metafórica a jerarquia da desigualdade social, egoísmo, individualismo e a solidariedade no ser humano (q na maioria ñ surge naturalmente)! BEM ATUAL… ASSISTAM! #opoco pic.twitter.com/QM5VkWMo1G

— Andréa sem i (@EitaAndrea) March 22, 2020

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry


© 2020 Dudu Alló | TOR | Alló Game | Privacidade | Contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló