Days Gone

Os exclusivos do PlayStation tem apresentado uma similaridade: eles compartilham um ótimo nível de qualidade, o que fez com que o PlayStation 4 decolasse nesta geração. Nos últimos anos, a Sony praticamente não errou: tivemos um grande sucesso tanto quanto God of War, mas também tivemos títulos sensacionais tanto quanto Horizon Zero Dawn, Marvel’s Spider-Man, Bloodborne e The Last of Us (além de vários outros).

Em 2019, a Sony diminuiu a velocidade de lançamentos, mas trouxe Days Gone logo neste início de ano e o jogo mantém a mesma risca de qualidade dos jogos já citados. Apesar de ter sido ‘subestimado’ por muitos, que o consideraram genérico à primeira vista, Days Gone traz um mundo simples com um apocalipse zumbi que deixará qualquer fã de ‘The Walking Dead’ maluco. É um jogo muito muito desenhado e planejado, com vários elementos de sobrevivência e crafting, que deixam o mundo do game ainda mais interessante.

Sim, o mundo de Days Gone é muito grande e é vivo. Você pode escoltar sua progressão, colecionáveis, troféus, missões e história tudo a partir do menu. E isso é fantástico. É uma experiência single-player que te permite gozar do jogo no ritmo que você quiser, do jeito que você quiser. Liberdade é uma termo chave cá.

No game, seguimos a história de Deacon St. John, um motoqueiro fora-da-lei que sobreviveu ao apocalipse zumbi, onde as criaturas são chamadas de ‘Frenéticos’. Durante o evento, Deacon perdeu sua esposa e a história se passa 2 anos depois desse evento. Existem várias histórias paralelas para você deslindar e o jogo te ajuda a escolher sua prioridade ao marcar as missões principais, paralelas, de extermínio, de limpeza… Você logo descobrirá que tem muita coisa para fazer e que existem muitos elementos para te impedir disso. Além dos Frenéticos, temos os humanos e a natureza humana sempre surpreenderá.



Deacon age tanto quanto um caçador de recompensas no game. Ele aceita missões em troca de créditos. Logo, você terá que dar conta de Frenéticos, animais, humanos rivais e também efetuar certas tarefas. A Bend Studio, responsável pela geração do game, fez seu obrigação de morada e, praticamente, você terá todos os elementos que já viu em outros jogos de mundo simples cá: coletar itens, executar missões, encontrar eventos aleatórios e enfrentar as variações de clima.

O jogo também te dá uma grande variedade de estilos para executar suas metas: você pode optar por uma abordagem mais furtiva, seguindo os elementos de stealth, ou seguir o seu caminho do jeito mais ‘aventureiro’.

Mas o verdadeiro diferencial de Days Gone está no seu tom de sobrevivência: o jogo traz diversos elementos de survival e crafting, que te deixam sempre com a sensação de que seus recursos são finitos e preciosos. Munição, itens de trato, gasolina, armas… você precisa reunir tudo isso continuamente. É uma premência para que seu personagem sobreviva. Não serão raros os momentos em que você encontrará inimigos sem estar prestes para vencê-los. E por mais que isso pareça cruel, é um dos melhores aspectos do jogo.

A luta para sobreviver e vencer os desafios que aparecem fará com que você estimule sua capacidade de improviso. O planta sempre tem alguns elementos para te ajudar na tarefa, sejam explosivos ou itens espalhados. No primícias, provavelmente você morrerá algumas vezes até planejar um tanto mais elaborado. Mas, com o tempo, você se verá usando as armas, armadilhas e terreno ao seu obséquio de forma bastante oriundo.

Durante sua façanha, você também poderá melhorar suas armas, suas habilidades e sua moto. E o jogo é bastante recompensador, basta jogar e seguir seu caminho que você poderá encontrar o que precisa. E levante é um ponto bastante positivo: enquanto vários jogos vendem microtransações para melhorias instantâneas, Days Gone coloca puzzles no seu caminho para que você obtenha os upgrades de saúde, força e foco. Completar missões de história também desbloqueiam skins para sua moto. Realizar outras ações tanto quanto limpar acampamentos e vencer hordas também desbloqueiam recompensas.

O visual de Days Gone também é fantástico e absolutamente incrível em um PlayStation 4 Pro. Os modelos de personagem são muito feitos, as animações são fluidas, a dublagem está muito boa e o mundo é bastante bonito. Chega a ser incrível ver que o jogo mantém sua qualidade gráfica mesmo com uma quantidade enorme de frenéticos em tela.

Veredito

Days Gone é um jogo fantástico e mesmo que eu tenha elencado várias de suas qualidades supra, quem sabe os meus melhores momentos sejam aqueles em que me vi em emboscadas: estava precisando de qualquer item específico, saí procurando e acabei me encontrando cingido de inimigos sem ter chance alguma de derrotá-los com as armas que eu tinha. São os eventos aleatórios e o sistema de frenéticos que fazem com que esse mundo seja vivo, reptante, perigoso e desolador. É um jogo que passa a teoria real de um mundo simples com apocalipse zumbi. Há uma tensão ordenado no ar, um sentimento de desespero que se mistura com a satisfação e orgulho de vencer tais obstáculos.

Sim, o jogo não é perfeito, mas se você curte apocalipse zumbi e mundo simples, levante é o melhor jogo que traz a união desses elementos.

© 2019 Dudu Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló