Vazamento de Dados – Vale – darkc0de

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente detectou, em 07/02/19, publicação nos sites de compartilhamento de texto Ghostbin, Pastebin e Anonpaste que apresenta dados da empresa Vale do Rio Doce.

A ação foi reivindicada pelo hacker brasiliano darkc0debr e contou com a tributo de Purpl3Pand4. A publicação indica a motivação de protesto contra o terrível rompimento da barragem de Brumadinho/MG.



Agora em 2019 a mesmo história se repete, pelo visto o Lucro fala muito mais cimeira do que nossos ecossistemas e as vidas humanas. Nós não deixaremos passar em branco. Por isso, novamente conseguimos acessar o banco de dados da VALE e estamos expondo. O mundo saberá que a Vale não se importa com o povo brasiliano e nossas terras, e vocês serão punidos; Digam não ao retrocesso ambiental! Se for confirmado na forma porquê foi apresentado, o substitutivo ao Projeto de Lei 3.729/04, que propõe a flexibilização do licenciamento ambiental, representará um enorme retrocesso para o Brasil.

Na publicação há referências a publicações de vazamentos do ano de 2015 – logo posteriormente a tragédia de Mariana/MG – os quais contém volume significativo de informações.

Além deles, novas publicações com divulgação de nomes de tabelas de bancos de dados e dados pessoais de diretor da Vale do Rio Doce foram realizadas nos links divulgados.

Trata-se de sinal evidente do engajamento da comunidade hacktivista brasileira diante do prospecto de impunidade que desponta diante dessa novidade tragédia. Vale lembrar que passados três anos de Mariana/MG, não há condenados pelo ocorrido.




© 2019 Luís Eduardo Alló | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló