Britânicos estocam de papel higiênico a analgésicos por medo do Brexit, diz varejista

Quarta maior rede de supermercados do Reino Unido, a Morrisons anunciou um aumento considerável nas vendas de determinados produtos; parlamentares votam nesta quarta (13).

Rolos de papel higiênico e analgésicos são alguns dos itens que os britânicos começaram a estocar antes de uma provável saída da União Europeia sem harmonia, disse a rede varejista Morrisons nesta quarta-feira (13), ao anunciar um aumento no lucro.

Deputados britânicos decidem sobre Brexit sem harmonia



O executivo-chefe David Potts disse ter sinais de uma “pequena quantidade” de armazenamento e que a Morrisons, a quarta maior rede de supermercados do Reino Unido, está muito preparada, aconteça o que suceder no processo do Brexit.

Faltando 16 dias para a desfiliação da UE, o Reino Unido ainda não acertou um pacote de saída, correndo o risco de um Brexit sem harmonia que teria resultados caóticos.

“Vimos uma elevação considerável (nas vendas) de analgésicos e rolos de papel higiênico”, disse Potts a repórteres.

“Caso as coisas fiquem complicadas nos portos, procuraríamos rotas alternativas pelo país”, acrescentou, dizendo que a empresa obteve o status de Operador Econômico Autorizado, o que deve correr as verificações nas fronteiras em caso de atrasos.

Armazenamento de produtos

Potts também disse que a empresa adiantou a compra de alguns produtos e materiais de embalagem para substanciar sua repartição de fabricação, e que armazenou produtos populares que “enchem as prateleiras”.

A Morrisons relatou um aumento de 9% no lucro pré-impostos, que chegou a 406 milhões de libras no ano encerrado em 3 de fevereiro. Analistas haviam previsto uma média de 407 milhões de libras.
A companhia, que aparece detrás da líder de mercado Tesco, da Sainsbury’s e da Walmart’s em vendas anuais, disse que a receita totalidade cresceu 2,7%, chegando a 17,7 bilhões de libras.

“Continuamos acreditando que a Morrisons ainda terá muitas oportunidades de incremento de vendas e lucro pela frente, e esperamos que esse incremento seja significativo e sustentável”, disse a empresa.




© 2019 Luís Eduardo Alló | TOR | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló