Juiz manda soltar Chelsea Manning, presa por se recusar a depor em caso WikiLeaks

Manning estava presa desde maio de 2019 por se recusar a depor. Em março daquele ano, ela foi presa pelo mesmo motivo.

A ativista disse, à época da prisão em maio, que, “por princípio”, não vai depor à Justiça. Ao juiz, ela disse que “prefere morrer de fome” a mudar de ideia.

O juiz Anthony Trenga, porém, rejeitou um pedido de Manning pelo cancelamento das multas impostas à ex-militar. Ainda assim, o magistrado pediu novo julgamento contra ela sobre os US$ 256 mil que ela deve pagar.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry


© 2020 Dudu Alló | TOR | Alló Game | Privacidade | Contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló