Julian Assange é preso em Londres

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi recluso pela polícia na embaixada do Equador, em Londres, nesta quinta-feira (11). Ele estava refugiado no lugar desde 2012.

Os policiais do Serviço de Polícia Metropolitana de Londres entraram no imóvel depois de um pedido do mensageiro equatoriano, de concórdia com a sucursal Reuters.

O WikiLeaks enfureceu o governo americano ao publicar centenas de milhares de telegramas diplomáticos secretos do país — que revelavam, muitas vezes, críticas sobre líderes mundiais, da maneira que o presidente russo, Vladimir Putin, e membros da família real saudita.

Assange entrou nas manchetes internacionais no início de 2010, quando o WikiLeaks publicou um vídeo militar dos EUA mostrando um ataque de helicópteros Apache em 2007, que matou 12 pessoas em Bagdá, incluindo duas equipes de notícias da Reuters.

Mais tarde naquele ano, o grupo divulgou mais de 90 1000 documentos secretos detalhando a campanha militar liderada pelos EUA no Afeganistão, seguida por quase 400 1000 relatórios militares internos do país que detalhavam as operações no Iraque.

Além desses, foram divulgados mais de 250 1000 telegramas secretos de embaixadas dos EUA e, ainda, quase 3 milhões, datados desde 1973.



© 2019 Luís Eduardo Alló | Fórum | WikiAlló | Social | Privacidade| contato | Sobre |

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Luís Eduardo Alló