Pular para a barra de ferramentas
Tecnologia

Elon Musk está jogando footsie no Twitter com a franja direita

Elon Musk sempre teve uma certa {energia} maníaca no Twitter, porém na semana passada, sua produção teve uma viradela mais preocupante. O impasse contínuo de Musk com as autoridades de saúde do condado de Parque o inspirou a compartilhar uma vaga de desinformação, um tanto que ele não recuou, mesmo que grande segmento tenha sido removida das próprias plataformas. Porém agora, Musk parece estar se movendo para uma segmento mais preocupante da esfera online, e ele corre o risco de levar muitos de seus fãs com ele.

Na noite passada, Musk twittou uma combinação confusa do símbolo da rosa para os socialistas democratas da América e o meme da pílula vermelha, uma referência à Matrix que se tornou uma pedra de toque para comunidades anti-feministas online. É difícil manifestar o que Musk quis manifestar com tudo isso, porém foi claramente tomado {como} assobio de cachorro por pilastras de destaque {como} Mike Cernovich e Paul Joseph Watson da Infowars. Da mesma forma foi retuitado por Ivanka Trump, que fez com que a co-criadora de Matrix Lilly Wachowski amaldiçoasse os dois.

É tudo muito surreal e confuso, e é discutível se Musk pretendia agitar alguma coisa. Porém ele se encaixa em um padrão maior de sinalização para números da extrema direita que é mais difícil de descontar. Desde o início da luta na Parque, Musk tem sido uma figura regular nas respostas do cético Alexavensens, coronavírus, e do jornalista James O’Keefe, que da mesma forma é vocal sobre a escrutinação de mortes por coronavírus. E Musk passou o mês pretérito promovendo relatórios desacreditados sobre os perigos do coronavírus, descrevendo as ordens de abrigo no sítio {como} “fascistas” e descartando a validade das estatísticas de casos e mortes existentes na disseminação do vírus. Juntamente com a Fox News, Musk foi um dos primeiros defensores da droga antimalárica cloroquina {como} tratamento para o COVID-19, uma idéia que foi desacreditada por ensaios clínicos.

Nenhum dos tweets é particularmente escandaloso por si só, e não é {como} se zoar com o Twitter fosse um violação horroroso (apesar da ordem do tribunal). Porém Musk já passou por muita coisa no Twitter, do Unsworth Affair ao sinistro da Securities and Exchange Commission. Ele sabe o que isso significa para seus fanboys quando ele começa a conversar com outra figura pública, e sabe o quão rápido essa mesma povo é se amontoar em quem tenta chamá-lo.

Plataformas {como} o Twitter são um território muito fértil para um tipo específico de vendedor ambulante que pode usar as limitações do meio para gerar confusão e fabricar seguidores. Berenson está construindo uma sequência desta maneira, e pilastras {como} Cernovich e a equipe da Infowars estão executando uma versão mais avançada da mesma alvoroço. Esses vendedores se tornaram surpreendentemente poderosos sob o presidente Trump, e pode ser que Musk esteja tentando explorar isso, imaginando que deleitar a povo da Infowars o ajudará a manter suas fábricas abertas. Ou pode ser que ele tenha pretérito muito tempo on-line e seja grato por todos os aliados que conseguir. Ainda deste modo, é estranho ver uma das figuras mais proeminentes do mundo da tecnologia brincando com esse tipo de coisa – e para quem respeita o trabalho de Musk com Tesla e SpaceX, é uma mudança alarmante.

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar