Pular para a barra de ferramentas
Tecnologia

Intel Core i9-10900K com overclock chega a 7,7 GHz usando hélio líquido

Recentemente, a Asus convidou alguns dos principais entusiastas de overclock do mundo a tentar levar o novo Core i9-10900K da Intel ao limite. Deste modo, alguns overclockers fizeram o Core i9-10900K da Intel chegar a impressionantes 7,7 GHz.

Core i9-10900K com overclock chega a 7,7 GHz

A princípio, a equipe do ElmorLabs começou experimentando o hardware usando nitrogênio líquido ({como} você vê no clipe inferior). Depois, eles passaram para o hélio líquido, que é muito mais {frio}. Eles usaram:

Core i9-10900K (exemplar de engenharia);Placa-mãe Asus ROG Maximus XII Apex;Um único stick de memória RGB G.Skill TridentZ;Windows XP.

Deste modo, eles foram capazes de atingir 7707,62 MHz com uma tensão de 1,194 V.

Para verificação, o renomado overclocker der8auer alcançou {cerca} de 7,25 GHz para fins de validação usando nitrogênio líquido.

Dessa maneira, as chances são de que provavelmente veremos um aumento ainda maior quando os entusiastas se familiarizarem com o chip.

A Asus convidou alguns dos principais entusiastas de overclock do mundo a tentar levar o novo Core i9-10900K da Intel ao limite.Outro overclock extremo: 8,1 GHz

Der8auer preparou e isolou a placa-mãe e instalou um refrigerador de nitrogênio líquido e começou a testar as coisas. No final, o AMD FX-8350 alcançou 8,127 MHz (núcleo único) a uma tensão de 1,920 V a quase -180 graus Celsius. Não é um recorde mundial nem {nada}, porém ainda é muito impressionante, dada a idade do chip. Nessas temperaturas, o estresse no hardware é evidente quando a placa-mãe começou a deformar.

Por término, caso queira ler mais matérias sobre código {aberto}, Linux, Android, hardware, programação e permanecer atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, acompanhe as matérias no conduto do no Telegram.

: /p>

:

GreenWithEnvy: saiba instalar no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE! Faça overclock em GPUs NVIDIA!

TuxClocker, uma utensílio de overclock para Linux

AMD confirma que os chipsets X570 e B550 suportarão a arquitetura Zen 3 de próxima geração

Benchmark vazado mostra o Core i9-10900K batendo o 9900K em 30%

Deixe uma resposta

Fechar
Fechar